Instalando e Configurando o Network Load Balancing (NLB)

By | 31 de agosto de 2010
Print Friendly, PDF & Email

Conteúdo

Introdução
Configurando o Windows Server 2008 Server Core
Instalando o Remote Server Administration Tools (RSAT)
Configurando o Network Load Balancing (NLB)
Adicionando Servidores ao Cluster
Gerenciando o Cluster NLB através do Server Core

Introdução

O Network Load Balancing (NLB) é uma tecnologia de cluster oferecida pela Microsoft

que permite aumentar e garantir a disponibilidade e escalabilidade de serviços de rede.
O NLB permite a criação de um endereço IP virtual para que os clientes possam acessar

as aplicações ou serviços garantidos pelo cluster em vários servidores.
Este artigo aborda as principais configurações do NLB em um servidor do Windows
Server 2008 Server Core, com a finalidade de iniciar o processo de implementação
de alta disponibilidade, para servidores Web, banco de dados, acesso remoto entre outros.

Configurando o Windows Server 2008 Server Core

No computador executando o Windows Server 2008 Server Core voce deve seguir
alguns passos que irão facilitar muito a configuração do NLB. É importante que o nosso
servidor esteja configurado com endereço IP estatico que pode ser verificado com o
comando:

Ipconfig /all

Listagem 1 – Verificando o endereço IP do servidor

Muitas vezes durante as configurações de serviços devemos consultar ou escolher
a interface de rede no qual possui determinado endereço IP, Neste artigo iremos alterar
o nome da Interface para portanto é util alterar o nome da Interface de rede.

netsh interface set interface name=”Local Area Connection”
newname=”Interna”

Listagem 2 – Renomeando a interface de rede

Neste artigo estamos usando o endereço de rede 192.168.2.0/24, porém voce
deve utilizar o endereço IP de sua rede corporativa. Para definir um endereço
IP estatico para o nosso servidor iremos utilizar o comando Netsh.

netsh interface ip set address name=”Interna” source=static
addr=192.168.2.100 mask=255.255.255.0

Listagem 3 – Atribuindo o endereço IP do servidor

No servidor executando o Windows Server Core inicie o processo de instalação do
recurso Network Load Balancing, digitando o seguinte comando no prompt de
comando:
Atenção – Os parametros do comando ocsetup são sensiveis a maiusculas e minisculas.

Start /w ocsetup NetworkLoadBalancingHeadlessServer

Listagem 4 – Instalando o Network Load Balancing (NLB)
Uma vez instalado o recursos o Server Core esta pronto para ser configurado. Porém

como o Windows Server 2008 Server Core não possui interface grafica de gerenciamento

do Network Load Balancing como o nlb Manager e a ferramenta de linha de comando

nlb.exe não oferece suporte a criação do cluster, devemos gerencia-lo remotamente

através de outro servidor executando NLB Manager do Windows Server 2008 ou

através do Windows Vista utilizando o Remote Server Administration Tools (RSAT).

O RSAT é um conjunto de ferramentas administrativas que podemos utilizar em

Servidores executando o Windows Server 2008 ou estações executando o Windows

Vista para remotamente configurar e gerenciar recursos em servidores.

Instalando o Remote Server Administration Tools (RSAT).

Em um computador executando o Windows Vista SP1, baixe e instale a RSAT.

Microsoft Remote Server Administration Tools for Windows Vista (KB941314) 32-bit
http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?FamilyId=9FF6E897-23CE-4A36-B7FC-D52065DE9960&displaylang=en Ou Microsoft Remote Server Administration Tools
for Windows Vista (KB941314) 64-bit
http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?FamilyId=D647A60B-63FD-4AC5-9243-BD3C497D2BC5&displaylang=en Após a instalação acesse o Painel de Controle \
Programas e recursos \Ativar ou desativar recursos do Windows e selecione Remote
Server Administration Tools.

Figura 1 – Remote Server Administration Tools

Após a ativação do recurso as ferramentas administrativas estarão
disponiveis no Painel de Controle ou você pode configurar o menu iniciar
para exibir as ferramentas administrativas.

Configurando o Network Load Balancing (NLB)

Através do Windows Vista acesse Network Load Balancing Manager nas
ferramentas administrativas.
Em Network Load Balancing Cluster, clique com o lado direito do mouse e selecione
New Cluster.Na janela New Cluster Connect digite o endereço IP ou o nome do servidor
no qual você instalou o serviço de cluster.
Neste artigo o endereço IP do servidor é 192.168.2.100.
Voce deve ser membro do grupo Administrators para executar essa tarefa.
Se houver mais de uma interface de rede voce deverá selecionar a interface no
qual deseja que o cluster utilize, neste caso a interface é unica e foi nomeada como “Interna”.
Em seguida clique em Next.

Na janela “Host Parameters” não iremos fazer nenhuma configuração, porém
voce pode selecionar o Prioridade do Host (neste caso é 1) e também pode
adicionar mais endereços Ips dedicados, além de escolher o estado do Host entre
Iniciado, Parado ou Suspenso. Clique em Next

Na janela “Cluster IP Address” é onde iremos definir o endereço IP do Cluster de
balanceamento. Neste exemplo iremos adicionar o endereço IP 192.168.2.253/24 e
em seguida clique em Next

Na janela “Cluster Parameters”, podemos definir o nome completo da Internet:
Exemplo cluster.microsoft.com
E também o modo de operação do cluster, que neste caso deixaremos como
Unicast, Clique em next

Na janela “Port Rules” não iremos definir nenhuma configuração ou seja todo o trafego
TCP e UDP da porta 0 até a porta 65535 serão utilizadas neste cluster , neste ponto é
possivel configurar regras de protocolos e portas especificamente para cada endereço
IP do cluster (neste artigo foi definido apenas um endereço IP para o cluster).
Se desejar voce pode escolher o modo de ação do filtro (modo de filtragem).

· Multiple Host – Permite determinar a afinidade que controlará o estado da sessão,
estão disponiveis entre:o None – Sem afinidade, aumenta a performance de
balanceamento de carga pois permite que multiplas conexões de um mesmo cliente
seja equilibrada (distribuida) entre os Hosts. o Single (Padrão) – Um host controla
todas as conexões que são parte de uma mesma sessão do cliente, sempre respondendo
e mantendo o estado da sessão com este cliente.Ou seja o cliente fica com o mesmo
servidor até o fim da sessão.o Network – Devemos usar esta opção quando o cliente
utiliza proxy para as conexões pois o cluster interpreta que a conexão origina-se de
varios computadores. Esse recurso garante que os clientes que usam vários servidores proxy
para acessar o cluster possam ter suas conexões TCP direcionadas ao mesmo host de cluster,
mantendo assim a mesma sessão com o host de cluster.

· Single Host – Especifica que o tráfego de rede para a regra de porta associada
seja tratado por um único host no cluster.· Disable this Port Range – Bloqueia todo o
tráfego de rede para a porta associada.

Lembre-se que as regras inseridas em cada host do cluster devem ter endereços IP
de cluster, intervalos de porta, tipos de protocolo e modos de filtragem correspondentes.

Clique em finish e aguarde a convergencia.

 

Adicionando servidores ao Cluster

Utilizando a ferramenta Network Load Balancing Manager clique com o lado direito
sobre o endereço IP do cluster e selecione ADD Host To Cluster.
(Hosts que possuem o NLB instalado)
Forneça o nome ou o IP do Host que deseja adicionar ao cluster.
Repita os mesmos passos utilizados para configurar o Network Load Balancing para
todos os hosts que deseja adicionar.

Figura 2 – Network Load Balancing Manager

 

Gerenciando o Cluster NLB através do Server Core

Mesmo não possuindo o Network Load Balancing Manager é possivel gerenciar o
Cluster NLB através do Windows Server 2008 Server Core com o comando nlb.exe,
que permite inclusive o gerenciamento remoto.

Por exemplo, para parar imediatamente de tratar todo o tráfego do cluster

Nlb.exe stop

Listagem 5 – Comando nlb.exe

Para reinicir imediatamente de tratar todo o tráfego do cluster

Nlb.exe start

Listagem 6 – Comando nlb.exe

Suspender o balanceamento de carga de rede

Nlb.exe suspend
Ou, se você quiser suspender as operações de cluster em todos os hosts, digite:
nlb.exe suspend endereço IP do cluster | nome do cluster

Listagem 7 – Comando nlb.exe

Desativar o tratamento de novo tráfego de portas específicas

nlb.exe drain virtualIP [:porta|:all] | all[:porta|:all]cluster[:host]| all [local|global]

Listagem 8 – Comando nlb.exe

Para mais informações consulte:
http://technet.microsoft.com/pt-br/library/cc786599.aspx

Conclusão

As configurações feitas a partir desse artigo são em geral utilizadas em diversos cenários.
A configuração do NLB é simples e fácil, porém certos cenários específicos necessitam
configurações adicionais. Para saber mais consulte:

Referências + Tópicos Relacionados

http://technet.microsoft.com/pt-br/library/cc770558.aspx
Controlando hosts em clusters de balanceamento de carga de rede
Removendo o balanceamento de carga de rede
Solução de problemas de clusters de balanceamento de carga de rede