Parâmetros do cmdlet New-NanoServerImage

By | 18 de dezembro de 2015
Print Friendly, PDF & Email

Consulte também o artigo com as novas alterações na versão TP5 do Windows Server 2016.

O cmdlet do PowerShell usado para a criação de imagens do Nano Server é New-NanoServerImage. Com este comando é possível não somente a criação do VHD(X) mas também adicionar pacotes, drivers, definir o nome da máquina, adicionar ao domínio, habilitar o debug, habilitar o EMS e definir o endereço IP estático.

São válidos os cmdlets

  • Get-NanoServerPackages – Lista os pacotes disponíveis na mídia.
  • New-NanoServerImage – Cria uma nova imagem VHD ou VHDx e após a criação copia para o diretório especificado na linha de comando.
  • Edit-NanoServerImage – Modifica a base da instalação do Nano Server – permitindo adicionar pacotes, drivers e configurar opções do sistema operacional.

Conheça alguns parâmetros do cmdlet usados na criação de imagens:

  • MediaPath – Localização dos arquivos binários do Windows Server 2016,
  • BasePath – Localização para a cópia da mídia de origem
  • TargetPath – Localização de onde será salva a imagem final após a criação.
  • Language – Preferência de idioma – O padrão do script é usar o que está definido pelo administrador, portando se definiu pt-br é possível que tenha que usar esse parâmetro pois dá erro ao não encontrar a pasta de pacotes pt-br.
  • Storage – Adiciona o pacote de File Server
  • Compute – Adiciona o pacote de Hyper-V
  • Defender – Adicionar o pacote do Windows Defender
  • OEMDrivers –Adiciona drivers OEM (drivers de controlador de rede e de armazenamento)
  • GuestDrivers – Adiciona drivers do Guest do Hyper-V para o Nano Server rodar como máquina virtual do Hyper-V
  • Reverse Forward – Permite que você execute algum software em Nano Server que não é explicitamente feita para Nano Server.
  • Containers – Habilita a capacidade de trabalhar com containers
  • ForAzure – Automaticamente inclui as opções necessárias para rodas no Azure
  • ComputerName – Define o nome do computador com Nano Server
  • AdministratorPassword – Adicionar a senha do administrador da imagem
  • DomainName – Adiciona a máquina ao domínio (offline join) – Se a máquina que executar o comando não for membro do domínio o comando irá falhar.
  • Ipv6Address – Define um endereço IPv6 estático
  • Ipv4Address – Define um endereço IPv4 estático
  • Ipv4SubnetMask – Adiciona a máscara de rede.
  • Ipv4Gateway – Define o Gateway
  • EnableRemoteManagementPort – habilita o gerenciamento na porta 5985 TCP para WinRM

New-NanoServerImage –MediaPath D:\ -BasePathC C:\Base -TargetPath c:\Target\NanoServer.VHDX -Compute –ComputerName “NANO” -DomainName “ContosoDomain” -AdministratorPassword (ConvertTo-SecureString -String ‘Passw0rd’ -AsPlainText -Force).

A linha de comando acima cria uma nova imagem de VHD(X) usando o D:\ como origem dos arquivos binários.

D:\Base – Usado para cópia e criação dos arquivos do VHD(X)

C:\Target – Será a gravação do arquivo VHD(X) final

    Eu particularmente estou usando sempre o mesmo diretório.

Por final o comando adiciona o pacote de Hyper-V, Define a senha de administrador da imagem como Passw0rd, fornece o nome de Nano e adiciona a máquina no domínio Mcsesolution.Local.

Lembro ainda que essa versão não é a versão final e que logo teremos muito mais informações e documentação.

Abraços
Daniel Donda

  • Nelson Junior

    será que vai dar pra trabalhar com o Nano sendo um servidor de DNS, DHCP e AD? Seria ótimo.